Ir para a informação principal da página


Rádio Escolar Rádio Escolar - Versão Mobile

Como implementar uma Rádio Escolar por Internet

Aluno a fazer locução e aluna a fazer o tratamento do som

Este espaço pretende ser um espaço de partilha e divulgação de informação útil e de experiências que ajudem escolas, professores, alunos, associações ou entidades locais na implementação de uma Rádio por Internet - Web Rádio.

A página está em permanente construção de acordo com as experiências que forem sendo partilhadas provenientes da implementação de rádios escolares ou comunitárias.

Atenção: A informação facultada tem unicamente o intuito de ajudar a entender as várias fases do processo de constituição de uma rádio escolar por Internet. A informação de apoio disponibilizada é a título de exemplo, os procedimentos devem ser adaptados a cada situação e a possíveis alterações nos procedimentos legais.

Com poucos recursos se pode construir um projeto que entusiasma e envolve todos, Alunos, Professores, Pais e Comunidade


Telemóvel e computador portátil, o equipamento necessário

Por vezes os grandes projetos possuem grande simplicidade de funcionamento, recursos e implementação, tornando-se ferramentas poderosas que motivam o sucesso escolar e social de todos os que nele são envolvidos.

O projeto de Rádio Escolar que divulgamos, baseia-se na utilização inicial de um simples computador, telemóvel, software livre (gratuito), serviço de transmissão por Internet, aquisição de música, licenciamento na Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) e registo na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC).

Toda a configuração da rádio, transmissão e tratamento do som é feito digitalmente no computador da rádio através de programas de fácil compreensão para os alunos. A gravação dos programas é efetuada através dos seus telemóveis

Com o tempo, a rádio pode ser complementada com equipamento técnico na medida das possibilidades e objetivos de cada projeto.

As vantagens de uma Web Rádio Escolar/Comunitária

Uma Web Rádio permite:

  • Conceder às crianças/jovens recursos diversificados, oportunidades para a exercitação da linguagem, técnicas de rádio e utilização das novas tecnologias;
  • Contribuir para a diversificação de interesses e identificação das aptidões vocacionais dos alunos;
  • Ocupar saudávelmente os jovens, combatendo a indisciplina e o insucesso escolar;
  • Divulgar trabalhos e atividades desenvolvidas na Escola e Agrupamento de escolas pelos vários grupos de disciplinas;
  • Divulgar informação local e comunitária;
  • Tornar o espaço escola mais alegre e participativo;
  • Oferecer à comunidade escolar, Pais, Encarregados de Educação e Comunidade Local entretenimento e informação;
  • Envolver os pais, encarregados de educação e a comunidade local com a Escola.

Passo a passo para a implementação da Rádio por Internet

Telemóvel e computador portátil, o equipamento necessário
  • 1° Requisitos técnicos e humanos:
    • Conjunto de Alunos, Professores, Pais/Encarregados de Educação ou jovens da localidade interessados em promover e participar na construção e manutenção do projeto da rádio;
    • Computador desktop ou portátil, básico com acesso à internet, saída e entrada de som, microfone (este projeto foi implementado de forma funcional num computador de baixos recursos);
    • O sofware utilizado é livre e gratuito;
    • Para a gravação de entrevistas e som, são utilizados os telemóveis da Equipa da Radio ou o computador, através de programas simples e gratuitos;
    • Para a rádio funcionar, não necessita de mais equipamento nem de instalações físicas. O tratamento do som, controle e emissão da rádio é feito através do computador. As vantagens deste projeto são a simplicidade de funcionamento, a utilização de poucos recursos e o licenciamento legal, permitindo a credibilidade e a evolução do projeto na medida dos objetivos e possibilidades (posteriormente pode ser complementado com um microfone para rádio, uma mesa de mistura tipo DJ para ligar ao computador ou outro tipo de equipamento).
  • 2° Requisitos financeiros:
    • Serviço de streaming e alojamento da rádio até 50 ouvintes em simultâneo - de 5€ a 8€/mês+IVA (pagamento anual), já inclui uma mini página de internet para ouvir a rádio;
    • Licenciamento e direitos de autor na Sociedade Portuguesa de Autores - 15€/mês para o serviço de rádio até 50 ouvintes em simultâneo (pagamento mensal, semestral ou anual);
    • Registo na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social) - aprox. 20,40€ num único pagamento;
    • A aquisição de música custa entre 0,99€ e 1,29€ cada, atravéz da internet. Para iniciar o projeto que damos como exemplo, foram adquiridas cerca de 50 músicas, num valor que ronda os 60,00€. As restantes músicas são adquiridas motivando alunos, pais, professores e comunidade a aderir ao sistema de apadrinhamento de músicas anunciado no site da rádio. Da mesma forma, também se poderá implementar um sistema de donativos para o pagamento dos direitos de autor e serviço de streaming. Também podem doar música em suporte CD que já não utilizem, ficando a pertencer ao arquivo da rádio, enriquecendo a mediateca da escola. Assim, garante-se a sustentabilidade económica do projeto, dando oportunidade a todos de serem parte do mesmo.
  • 3º Falar com os professores coordenadores de disciplinas sobre a intenção de propor o projeto de rádio à Escola, envolvendo-os na identificação de alunos e professores que se possam interessar na constituição inicial da Equipa de Rádio da Escola, registando as suas opiniões e sugestões.
  • 4º Apresentar o projeto de rádio à Junta de Freguesia ou outras entidades locais e solicitar apoio para o arranque inicial da rádio, trata-se de um projeto que benificia Escola e Comunidade.
  • 5º Com os apoios e os requisitos obtidos, propor o projeto de rádio à Direção da Escola, de preferência antes do ano letivo iniciar.
  • 6º Pedir autorização à Direção da Escola/Agrupamento para o nome da escola constar na rádio. (Se a Direção da Escola e Agrupamento for favorável, pode-se utilizar o nome da escola no nome da rádio).
  • 7º Se por algum motivo o projeto não puder ser implementado a nível escolar, pode ser implementado a nível local, envolvendo os jovens, junta de freguesia e associações locais. O maior objetivo é ocupar saudávelmente os jovens e dar-lhes ferramentas para adquirirem competências pessoais, sociais e profissionais para a vida, num projeto que valoriza toda a comunidade local. O projeto pode ser implementado em qualquer tipo de instituição.
  • 8º Contratar serviço de streaming e alojamento da rádio. Informamos alguns serviços disponíveis:
    • Este projeto utilizou o serviço da empresa Webtuga, CloudDJ Base até 50 ouvintes - Radio Shoutcast – 5€/mês – Pagamento anual = 60€+IVA. Pagamento feito por transferência bancária: Webtuga - Serviço de Rádios OnlineCloudDJ Base;
    • A PTServidor também disponibiliza o serviço de rádio: PTServidor Rádios Online;
    • Assim como a IberWeb: IberWeb Rádios Online.
    • Este projeto baseia-se num serviço de streming que utiliza o Centovacast como gestor de rádio e o Icecast para o serviço de streaming.
  • 9º Instalar no computador da rádio e num telemóvel (pode pedir o apoio da radioescolar.pt):
    • Ligação de rede;
    • Ligação ao sistema de som da escola se for disponibilizado pela escola;
    • Microfone para computador;
    • O Sistema operativo do computador da rádio pode ser Windows ou Linux. Existem versões Linux grátis:

      Acesso ao sistema operativo Linux Lite

      Acesso ao sistema operativo Ubuntu
    • Mixxx - Software livre para colocar músicas e voz ao vivo através de computador (para Windows e Linux – grátis):

      Acesso ao programa de música e dj Mixxx
    • Audacity - Software livre para gravação e edição de som (Para Windows e Linux– grátis e com licença legal):

      Acesso ao programa de edição audio Audacity
    • BroadcastMySelf ou MediaCast- Apps de Android para transmissão ao vivo através de telemóvel ou tablet (para entrevistas, locução e transmissão de música ao ar livre, de qualquer lugar utilizando a rede móvel ou wifi):
      Acesso à aplicação Boradcast My Self Acesso à aplicação Media Cast
    • Hi-Q Lite para Android - Possibilita a gravação de som no telemóvel em alta qualidade para a gravação de entrevistas (não é livre, mas a versão gratuita possibilita todas as funcionalidades necessárias)
      Acesso à aplicação HIQ-Mp3 Recorder
    • Caso o Mixxx solicite, Instalar o codificador mp3 lame (http://www.rarewares.org/
      mp3-lame-libraries.php
      ):
      Para instalar o MP3 streaming no Windows, seguir as seguintes instruções:
      • 1. Baixar os ficheiros LAME libmp3lame de http://www.rarewares.org
        /mp3-lame-libraries.php
        . A página de download inclui as versões de 32-bits e 64-bits. Certificar se a versão dos ficheiros Lame baixada corresponde à versão do Mixxx em uso. Se utiliza o Windows 64bits mas tem instalado o Mixxx 32bits, é necessária a instalação de 32bits (“x86”) dos ficheiros Lame;
      • 2. Descomprimir o ficheiro ZIP. Pode necessitar de instalar um programa para descomprimir como o 7zip;
      • 3. Copiar o ficheiro libmp3lame.dll para a pasta onde está instalado o Mixxx, provavelmente C:\Program Files\Mixxx\;
      • 4. Se utiliza a versão Mixxx 1.11 ou anterior, deve renomear libmp3lame.dll para lame_enc.dll.
        Resolução de problemas:
        • Verificar a versão do Lame utilizada (“x86” = 32-bit vs. “x64” = 64-bit) corresponde com a versão do Mixxx utilizada;
        • Se utiliza a versão Mixxx 1.11 ou anterior, deve renomear libmp3lame.dll para lame_enc.dll;
        • Certifique-se que coloca o ficheiro DLL na mesma pasta que contém a instalação do Mixxx;
        • A Audacity e outras páginas de internet, também disponibilizam ficheiros Lame. NÃO USE ESTAS VERSÕES, não funcionam com o Mixxx.
  • Configuração do Mixxx para emissão ao vivo:
    Imagem de configuração do Mixxx
    • Em "Preferências", selecionar "Difusão em Direto";
    • Preencher os seguintes dados em "Connecção ao servidor":
      • Tipo: Icecast2
      • Anfitrião (host): [Colocar o endereço IP que consta nos dados facultados pelo serviço de streaming contratado - Estes dados também se encontram disponíveis no painel Centovacast do serviço de alojamento da rádio online]
      • Iniciar Sessão: Source
      • Montar: /live
      • Porto: [Colocar o número de Porto que consta nos dados facultados pelo serviço de streaming contratado - Estes dados também se encontram disponíveis no painel Centovacast do serviço de alojamento da rádio online]
      • Palavra passe: [Colocar a palavra passe que consta nos dados facultados pelo serviço de streaming contratado - Estes dados também se encontram disponíveis no painel Centovacast do serviço de alojamento da rádio online]
    • Preencher os seguintes dados em "Codificação":
      • Bitrate: 128kbps
      • Formato: Mp3
      • Canais: stereo
  • 10º Configuração do BroadcastMySelf ou MediaCast (aplicações de telemóvel para emissão ao vivo): Utilizam-se os mesmo dados do item anterior;
  • 11° Após este passo a configuração da rádio está pronta.
  • 12° Reunir o Grupo de Rádio para explicar os objetivos da Rádio e definir o papel de cada um dos seus membros.
  • 13º o Grupo de Rádio, em conjunto com o professor que coordena o projeto:
    • Elabora Estatuto Editorial da Rádio (Exemplo em baixo);
    • Elabora Regulamento da Rádio (Exemplo em baixo);
    • Elabora a Grelha de Programação da Rádio;
    • Escolhe as musicas que tocam;
    • Grava notícias;
    • Grava os "gingles" dos programas;
  • 14º Comprar músicas para a rádio que foram selecionadas pelo grupo de rádio através da Internet (Só podem ser utilizadas músicas obtidas por meios legais).
  • 15º Licenciar a Rádio na Sociedade Portuguesa de Autores: Preencher o Acordo de Licenciamento da SPA, enviar por email para o DEDIM - Departamento de Novas Tecnologias da SPAutores (email: novas.tecnologias@spautores.pt) e pagar a taxa de 15€ por mês (Direitos de Autor para até 50 pessoas a ouvir a rádio em simultâneo). Mais sinformação em SPAutores.
  • 16º Após este passo o grupo de rádio inicia a emissão experimental. Este sistema de rádio pode funcionar em modo automático 24h/dia. Os vários programas podem ser previamente gravados e agendados, com a possibilidade de emissão em direto a qualquer momento.
  • 17º Licenciar a Rádio na Entidade Reguladora para a Comunicação Social - ERC. É necessário:
    • A rádio estar implementada e em funcionamento para que possa ser verificada pela ERC;
    • Preencher o impresso de registo da rádio que está disponível no site da ERC (Registo online);
    • Estatuto Editorial (Art 34 da Lei 54/2010);
    • Sinopse do projeto;
    • Grelha de programação;
    • Comprovativo de pagamento de 20,40€ referente ao depósito do estatuto editorial (instrução de pagamento no comunicado da ERC);
    • Numa entidade coletiva, a assinatura tem de ser reconhecida notarialmente confirmando poderes para o ato.
    • Assume-se que as rádios escolares com fins pedagógicos não necessitam de ter pessoa habilitada com carteira de jornalista, para transmitir informação escolar e programas com objetivos pedagógicos. Contudo, caso na rádio tenha um âmbito mais abrangente poderá necessitar de ter uma pessoas habilitada com Carteira de Jornalista. Em caso de dúvida pode solicitar-se esclarecimentos na Entidade Reguladora para a Comunicação Social e Comissão da Carteira Profissional de Jornalista (CCPJ).
  • 18º Após o registo da rádio na ERC é legalmente obrigatório atualizar os respetivos dados na Plataforma da Transparência: https://transparencia.erc.pt
  • 19º Constituir pasta com comprovativos de aquisição das músicas, licenças e restante documentação da rádio.
  • 20º Após este passo inicia-se a emissão de rádio de acordo com a grelha de programação inicial cuja elaboração dos programas é assegurada pela Equipa de Rádio inicial. Pode ser ouvida em telemóveis e computadores com acesso à Internet. Permite que todos possam ouvir a rádio em casa, na rua ou no trabalho, 24h por dia.
  • 21º Podem ser promovidas iniciativas para divulgação da Rádio Escolar e para que professores e alunos possam propor projetos de programas de rádio à Equipa da Rádio Escolar que possam integrar a grelha de programação.
  • 22º Para efeitos legais, a emissão de rádio deve gravada e guardada durante pelo menos 30 dias.

Estatuto Editorial (Exemplo)

Estatuto Editorial da Rádio [Nome da Rádio]

"É uma rádio online, acessível na Internet, que disponibiliza música, em direto e em modo automático programável, assim como, notícias e informações úteis relacionadas com o Agrupamento de Escolas [Nome do Agrupamento] e Comunidade Local.

É um projeto escolar, sem qualquer dependência de natureza política, ideológica e económica.

Tem como objetivo envolver, de forma positiva, alunos, professores, funcionários não docentes, pais, encarregados de educação e comunidade local com o agrupamento.

Pretende ser um espaço pedagógico e cultural onde se divulga música, informação e curiosidades de carácter cultural, histórico e/ou científico.

Assume o compromisso de respeitar os direitos dos ouvintes, a ética, as normas legais, os direitos de autor, o regulamento do [Nome do Agrupamento], alunos, professores, pessoal não docente, pais, encarregados de educação e toda a comunidade local, divulgando música adquirida de forma legal.

Tendo a sua sede em ___________, Freguesia de ___________, freguesia habitada por uma população com origem em vários países diferentes, compromete-se em valorizar a localidade e a respeitar a diversidade e a multiculturalidade.

Garante a proteção de dados e confidencialidade da origem dos ouvintes a que tenha acesso em relatórios de estatísticas, tais como endereços de IP."


Funcionamento inicial da equipa

Damos algumas dicas para iniciar o funcionamento da rádio:

  • 1º Identificar um grupo de alunos, professores, assistentes e pais que queiram fazer parte da Equipa da Rádio
  • 2º Reunir a Equipa Inicial da Rádio para verificar as funções de cada elemento e os primeiros a dar:
    • Direção - Todos os membros da Equipa da Rádio;
    • Locutores - Pelo menos 2 alunos para poderem trabalhar em equipa- Não criar estereótipos, um aluno introvertido ou indisciplinado com baixos resultados escolares pode ser um bom locutor/comunicador e tornar-se um líder pela positiva;
    • Equipa técnica (som, gravações e servidor de rádio) - Pelo menos 2 alunos para poderem trabalhar em equipa - O funcionamento dos programas e do gestor de rádio é simples;
    • Organização (Promover e organizar eventos da rádio, organizar documentação e ficheiros da rádio - Pelo menos 2 alunos para poderem trabalhar em equipa
    • Divulgação (Criar cartazes e divulgar os programas da rádio na escola, comunidade e redes sociais) - Pelo menos 2 alunos para poderem trabalhar em equipa;
    • Qualquer elemento da equipa pode acumular mais do que uma função, por exemplo um locutor pode também editar som e um elemento da Divulgação pode estar na Organização, o importante é que que as várias tarefas se concretizem: Para um ouvinte só conta o que vai "para o ar".
    • Criar um grupo de Whatsapp para que todos possam comunicar em equipa e estar igualmente informados;
    • Criar uma conta no Google Drive para que todos possam ter acesso em tempo real aos vários documentos, informação e ficheiros de som que a equipa da rádio desenvolva (exemplo: rádiox@gmail.com);
    • Criar um endereço de email para que alunos, professores, assistentes, pais e restante comunidade possa comunicar (exemplo: utilizando o email da conta Google Drive: rádiox@gmail.com).
    • Criar uma pasta no disco do Google Drive chamada "Rádio X" e partilhar a mesma com todos os elementos da Equipa da Rádio - Através desta pasta o professor responsável e os alunos controlam o funcionamento da equipa e a elaboração e produção dos programas;
    • Os locutores, elementos da organização e divulgação devem verificar diariamente o email para verificar notícias, eventos e informações a divulgar nos seus programas.
    • Para todas as tarefas estipular prazos de concretização e controlar a sua execussão em equipa.
  • 3º Os alunos escolhem as músicas da rádio. Fazer circular nas escolas do agrupamento uma listagem de músicas por turma, para os alunos decidirem quais a músicas que a rádio vai tocar. Esta é uma forma de fazer a divulgação inicial da rádio ao mesmo tempo que os alunos sentem que são parte importante da mesma. Documento exemplo: Listagem de músicas;
  • 4º Enviar mensagem de Whatsapp para a equipa da rádio para cada um sugerir propostas de vinhetas identificativas para passar na rádio (é uma boa forma para testar a comunicação e o trabalho em equipa). Exemplos de vinhetas identificaticas:
    • "Rádio X, sempre juntos!"
    • "Rádio X, a melhor música só para ti!"
    • "Rádio X, se procuras boa música, informação e diversão, fica connosco!"
    • "Rádio X, a tua rádio!"
  • 5º Reunir a Equipa da Rádio para iniciar as gravações fazendo um workshop:
    • Verificar o programa de gravação nos telemóveis dos membros da equipa;
    • Gravar vinheta com nome e slogan da rádio;
    • Propor um programa diário inicial, por exemplo um programa de notícias da escola e comnidade com a duração de 1 minuto para ser de fácil execussão;
    • Pesquisar um som de início e fecho para o programa de notícias e um som de fundo;
    • Criar no disco do Google Drive um pasta para os textos de notícias e uma pasta para as gravações de notícias;
    • Criar no servidor de rádio a "playlist" do programa de notícias, agendando-a para ir para "o ar" no horário definido para o programa;
    • Produzir uma notícia:
      • Pesquisar uma notícia, por exemplo na página do Agrupamento de Escolas;
      • Trabalhar a notícia num ficheiro de texto do Google Drive dentro da pasta de textos das notícias, para que toda a equipa tenha acesso;
      • Um dos locutores acede ao ficheiro na pasta do Google Drive através do seu telemóvel, grava a notícia e envia o ficheiro de gravação para a pasta de gravação de notícias do Google Drive;
      • Um dos elementos da equipa técnica monta a notícia no programa de edição de som (Audacity) e exporta o ficheiro em formato mp3 (com taxa de 44100Hz e qualidade de 128kbps), fazendo depois o "upload" do programa para o servidor de rádio, colocando-o na playlist agendada para o respetivo programa;
      • Um dos elementos da equipa de divulgação divulga o programa nas redes sociais
      • Assegurar diariamente que este procedimento é cumprido. Com a prática:
        • A pesquisa de uma notícia e a sua colocação no disco partilhado demora cerca de 10 a 15 minutos;
        • A locução de uma notícia e a sua colocação no Google Drive demora menos de 3 minutos;
        • O tratamento de som e a sua colocação na playlist agendada no servidor demora cerca de 5 minutos;
    • Estes são os passos necessários para iniciar qualquer outro programa.

Em construção...

Partilhar no Facebook